articulos |Postado em 26-08-2021

Deixar seu gatinho dentro de casa é o melhor para ele

Deixar o seu bichano sair para a rua NÃO é necessário e pode ser perigoso.

Muitos  tutores ainda permitem seu gato sair para a rua sem se darem conta do risco.  Aqui nesse texto vou revelar alguns dos mitos e mostrar porque manter seu gato dentro de casa é a melhor opção. 

Existem diversas razões para não deixar seu gato sair, como: Contração de doenças, ataques e brigas com outros animais, atropelamento, envenenamento, além da reprodução descontrolada, que acarretará em uma superpopulação de gatos na rua, o que já é um problema enfrentado há muitos anos aqui no Brasil.

Mesmo sabendo desses riscos algumas pessoas ainda preferem deixar seu gato "passear" por acreditarem que em casa eles ficarão entediados e até mesmo obesos devido a falta de atividade física, mas isso é um mito. Deixar seu gato em casa pode o deixar um pouco entediado, mas sair não é a melhor solução. Ao invés disso, o tutor pode tornar a casa mais interessante para o gato, por exemplo.

Outro mito é o senso de liberdade do animal, acreditando que é cruel privar o felino desses passeios. É aí que você se engana, pois a liberdade dos gatos na rua, como imaginamos, não existe. A estrutura social dos animais urbanos, como cachorros e gatos é uma grande disputa por território e nem sempre o seu felino se dará bem nessa. O território do seu gatinho é sua própria casa, pois é ali que ele se sente livre e  seguro para ir e vir. 

E eis que surge a pergunta "Por que meu gato insiste em sair ou fugir?"

Seu gato é um animal guiado pelo instinto e curiosidade, mesmo que ele se saia bem na estrutura social dos gatos, ainda vão existir outras limitações criadas por nós como carros, motos, venenos e tantas outras, das quais nem sempre conseguirá sair ileso. 

Para evitar o desejo e a insistência pelos passeios é necessário acostumar desde filhote, mas caso seu gato já seja adulto, saiba que é possível com paciência e dedicação. Gatos levam em torno de 15 dias para se adaptar a uma nova situação. 

Mas por onde começar?

  • A castração é o primeiro passo, serve tanto para prevenção de doenças, quanto para diminuir o interesse em procurar um(a) parceiro(a).
  • Segundo passo é colocar telas em janelas, portas ou em qualquer rota de fuga. Lembre-se que gatos são espertos e podem pular ou escalar grandes alturas, leve isso em consideração.
  • E o terceiro, mas não menos importante é fazer do seu lar um ambiente onde ele possa se divertir e gastar suas energias com brinquedos, petiscos escondidos, esconderijos, poleiros e prateleiras.

Agora que seu gato está seguro em casa, saiba que quando ele se sente amado ele não abandona isso nunca mais, por isso cuide bem do seu felino que você vai perceber que existe sim uma vida feliz e saudável dentro de casa. 

Espero que tenham gostado dessa matéria, deixa nos comentário se tem alguma dúvida!